Arquitetura de Computação em Nuvem

Arquitetura de Computação em Nuvem
Ti e Software

05/08/2021

A Arquitetura em Nuvem traz vantagens competitivas para as corporações como redução de custos e mais segurança de dados.

Migrar dados, sistemas e aplicações para a Arquitetura em Nuvem é a grande tendência no cenário de tecnologia. Mesmo as empresas que ainda não aderiram a esse movimento já planejam o uso de cloud computing nos próximos anos.

Afinal, a Arquitetura em Nuvem traz vantagens competitivas para as corporações como redução de custos e mais segurança de dados.

A computação em nuvem permite a execução de cargas de trabalho remotamente pela Internet a partir do data center de um fornecedor comercial em um modelo de “nuvem pública”.

Atualmente, dentre os principais fornecedores de nuvem pública estão a Amazon Web Services (AWS), a Microsoft Azure e o Google Cloud. Aliás, todas são parceiras da Claranet para o desenvolvimento de soluções de Arquitetura em Nuvem.

Definições de Arquitetura em Nuvem para cada tipo 

A variedade de serviços de computação em nuvem disponíveis é vasta. Contudo, há três principais pilares que compõem a Arquitetura em Nuvem.

Portanto, é importante conhecer cada uma delas, desta forma o gestor de TI poderá estruturar melhor as operações em cada ambiente.

É importante ressaltar que, com esses três pilares, as empresas ganham mais eficiência ao reduzir gastos com infraestrutura local. Vamos conhecer as três camadas de computação em nuvem:

SaaS (software como serviço) 

O pilar Software como Serviço oferece acesso integrado aos aplicativos de software de um provedor. Ou seja, é um modelo de distribuição de software.

Ou seja, em vez de baixar o software para ser executado localmente, o programa é hospedado por um provedor terceirizado. Então, é acessado por usuários pela Internet, por meio de uma interface de navegador da web.

IaaS (infraestrutura como serviço) 

Infraestrutura como serviço (IaaS) é uma forma de computação em nuvem na qual o hardware é fornecido e gerenciado por provedores externos.

Logo, esse hardware é fornecido no ambiente de nuvem e pode incluir desde servidores virtuais a conexões de rede.

Como esse hardware é virtualizado, ele oferece às empresas a capacidade de dimensionar facilmente as soluções de TI.

Benefícios do IaaS: 

Escalabilidade

Um dos principais benefícios do IaaS é a escalabilidade que ele oferece. Por meio de um serviço de assinatura, você acessa o sistema de TI de que precisa e quando precisa. Devido a virtualização, a ampliação de seus sistemas pode ser feita de maneira rápida e eficiente. Assim minimizando consideravelmente o tempo de inatividade.

Manutenção de hardware minimizada

O hardware por trás do IaaS é gerenciado externamente, minimizando o tempo e o dinheiro que a empresa gasta com esse tipo de manutenção.

Acesso sob demanda

Um sistema de IaaS pode ser acessado on-demand e só vai pagar pelos recursos usados, mantendo os custos baixos.

PaaS (plataforma como serviço) 

O modelo PaaS proporciona um conjunto de serviços destinados, especificamente, aos desenvolvedores.

Assim, os profissionais podem aproveitar ferramentas, processos e APIs compartilhados a fim de acelerar o desenvolvimento, o teste e a implantação de aplicações.

Benefícios da Arquitetura em Nuvem 

A nuvem pública ou privada fornece um ambiente on-line dimensionável, que possibilita lidar com um volume maior de trabalho sem afetar o desempenho do sistema.

Da mesma forma, esse tipo de arquitetura também oferece vantagens que incluem redução dos custos operacionais de TI, facilidade de instalação e manutenção e infraestrutura de TI otimizada, oferecendo acesso rápido aos serviços de computação.


Posts Relacionados

Por que fazer um curso de Marketing Digital?

Por que fazer um curso de Marketing Digital?

Vamos lá,Fazer um curso de Marketing Digital pode ser útil para diversos profiss...

→ Leia mais...
Quais os principais benefícios da mídia digital?

Quais os principais benefícios da mídia digital?

Geralmente, em uma estratégia de marketing, as ações são voltadas para

→ Leia mais...
Quais as melhores práticas para o planejamento de mídia digital?

Quais as melhores práticas para o planejamento de mídia digital?

Hoje em dia é impossível pensar em ações de divulgação e

→ Leia mais...
André Andrade

André Andrade


André Andrade e gerente de produtos desde 2005 e sócio diretor da Estúdio Site Ltda. Formado em Análise de Sistema, atuou no desenvolvimento de mais de 200 projetos, onde trabalhou no levantamento de requisitos, arquitetura da informação, design das telas, desenvolvimento e etc. Hoje possui grandes cases principalmente utilizando o Moodle, CMS Joomla e com o framework Bootstrap Twitter.

→ Veja o Perfil Completo