Qual é a Diferença entre Reconhecimento e Valorização do Funcionário?

Qual é a Diferença entre Reconhecimento e Valorização do Funcionário?
Desenvolvimento Pessoal

05/08/2021

O que são reconhecimento e valorização profissionais

O reconhecimento está mais ligado ao passado e ao que o profissional fez, ao resultado apresentado ou ao seu desempenho em uma determinada atividade.

É esporádico e muitas vezes está relacionado ao dinheiro, não sendo algo destinado a todos. Alguns exemplos disso são os bônus e prêmios.

Já a valorização é a atitude onde há o reconhecimento da pessoa como um todo e não apenas por uma situação isolada e específica.

Tem uma abrangência mais ampla e não necessariamente há limitação para a sua distribuição

Diferenças entre reconhecimento e valorização

A diferença entre essas duas atitudes, nesse sentido, está no fato de que uma diz respeito ao que o profissional entrega, ao passo que a outra se refere ao que o profissional é.

Talvez possamos dizer que o reconhecimento profissional é financeiro e a valorização é feita de uma forma mais intangível.

No ambiente de trabalho essas duas atitudes, por parte da empresa, são extremamente necessárias na construção de uma cultura e um clima saudáveis.

É preciso, no entanto, tomar cuidado para não achar que o reconhecimento (esporádico) é tudo e que só ocorre por meio financeiro. Valorizar é a chave.

Reconhecer é algo mais “simples” e objetivo, sendo geralmente feito com base em números e entregas.

A valorização é algo mais completo, pois envolve muitas outras coisas, inclusive a empatia em interpretar circunstâncias e realidades.

Por que os profissionais devem ser valorizados e receber reconhecimentos?

Todos os profissionais deveriam ser reconhecidos e valorizados por suas entregas e performances porque essas duas atitudes, por parte dos empregadores, resultam em produtividade e como falado anteriormente, em um clima e uma cultura agradáveis.

Colaboradores que se veem como parte do processo e que sabem que sua dedicação e comprometimento são vistos, analisados e recompensados, sentem-se motivados a fazer cada vez melhor.

Investir em pessoas é o mais rentável investimento.

Encontrar a forma de reconhecer e valorizar o voluntário é um grande desafio, pois o mesmo encontra, na maioria das vezes, satisfação pessoal ao participar das atividades, mas precisa saber que a empresa valoriza essa atitude e o reconhece por isso. Entretanto, é preciso saber homenagear os voluntários que realmente se destacaram em suas atividades sem desprestigiar o trabalho realizado pelos outros, para não banalizar o processo de valorização desta atividade.

Adotar uma Política de Reconhecimento e Valorização é bem indicado, pois todos sabem as premissas e regras que compõem esse processo de reconhecimento, assim não caracterizando o favoritismo no momento de decidir quem serão os voluntários de destaque naquele período. Essa política deve servir como estímulo e incentivo ao voluntário, e não se tornar uma competição.

Uma das sugestões para evitar esta situação é manter o foco no impacto que essas atividades têm em forma de solidariedade e da cidadania, visto que este é o compromisso esperado: a construção e a contribuição para uma sociedade mais justa e solidária. Existem algumas ferramentas que podem ajudar a promover essa politica: divulgação da atividade do voluntário nos principais meios de comunicação da empresa, distribuição de camisetas, cordões de crachá, pins, entre outros.


Posts Relacionados

Por que fazer um curso de Marketing Digital?

Por que fazer um curso de Marketing Digital?

Vamos lá,Fazer um curso de Marketing Digital pode ser útil para diversos profiss...

→ Leia mais...
Quais os principais benefícios da mídia digital?

Quais os principais benefícios da mídia digital?

Geralmente, em uma estratégia de marketing, as ações são voltadas para

→ Leia mais...
Quais as melhores práticas para o planejamento de mídia digital?

Quais as melhores práticas para o planejamento de mídia digital?

Hoje em dia é impossível pensar em ações de divulgação e

→ Leia mais...
André Andrade

André Andrade


André Andrade e gerente de produtos desde 2005 e sócio diretor da Estúdio Site Ltda. Formado em Análise de Sistema, atuou no desenvolvimento de mais de 200 projetos, onde trabalhou no levantamento de requisitos, arquitetura da informação, design das telas, desenvolvimento e etc. Hoje possui grandes cases principalmente utilizando o Moodle, CMS Joomla e com o framework Bootstrap Twitter.

→ Veja o Perfil Completo